Conscre: a concorrida homenagem às personalidades - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social

pavilhaohome edificiohome museuhome kokushikan blibliotecaacervo bunkyonethome

Conscre: a concorrida homenagem às personalidades

05Aos 96 anos de idade, ele tem o privilégio de gozar de uma saúde capaz de dar inveja a qualquer um. Cuida pessoalmente de sua plantação de café e realiza todo o processo de produção (colheita, secagem, torrefação e moagem). O pó de café, além do consumo familiar, é destinado aos amigos e visitantes como um presente especial, produzido artesanalmente.

Este foi só um dos motivos que despertou a admiração e a salva de palmas da plateia. Aliás, a vitalidade do homenageado já havia conquistado todos os presentes. Saiu de ônibus fretado, com os familiares e amigos, da cidade de Promissão (localizada há cerca de 400 quilômetros de São Paulo), juntamente com 37 pessoas. Partiu às 8h da manhã, viajou o dia todo e depois da cerimônia embarcou direto para a viagem de retorno!

Tranquilo diante das manifestações do pessoal, não se fez de rogado e acenou sorridente e feliz!

04Esta foi a cena testemunhada por cerca de 300 pessoas que estavam na cerimônia de “Homenagem às personalidades das comunidades de raízes estrangeiras”. O evento foi realizado no Auditório Franco Montoro da Assembleia Legislativa de São Paulo, promovido pelo Conscre – Conselho Estadual Parlamentar das Comunidades de Raízes e Culturas Estrangeiras.

Na ocasião foram homenageadas dez personalidades e, entre elas, indicado pela comunidade nipo-brasileira esteve Tadakuni Yassunaga, morador do Sítio Bom Sucesso, em Promissão (região noroeste do Estado de São Paulo) que acabou conquistando o destaque do dia.

Em sua saudação de agradecimentos, lida por seu neto Ossamu, em português, ressaltou sua satisfação: “jamais imaginaria que aos 96 anos de idade estaria aqui, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, recebendo esta grande homenagem”.

08“Somente gostaria de transmitir a todos, o que mais marcou minha vida são as palavras do Dr. Shuhei Uetsuka, dizendo “Gambatê kurê!”. Dê o máximo de si, e que o espírito de luta dos pioneiros jamais seja esquecido”, afirmou Yassunaga. “Graças aos antepassados, que não mediram esforços e se dedicaram para ter um futuro melhor, estamos aqui reunidos para que as nossas origens, a cultura e a tradição jamais sejam esquecidas”, continuou. “E, cada vez mais, devemos nos unir para o bem do nosso querido Brasil, que acolheu nossos imigrantes de braços abertos”.

Yassunaga também agradeceu a presença não só dos familiares e amigos, como também do presidente da Câmara Municipal de Promissão, o vereador Ricardo Rigato, e o repórter Jesus, da Rádio Cultura de Promissão.

Otimizar o trabalho conjunto

03O Conscre - Conselho Estadual Parlamentar das Comunidades de Raízes e Culturas Estrangeiras, entidade criada em 2001 pela mesa da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, é presidido por Teruco Kamitsuji, vice-presidente do Bunkyo.

Em sua saudação na abertura da sessão solene da homenagem às personalidades, a presidente destacou que “uma entidade desta natureza não foi criada para aparar as arestas entre as comunidades estrangeiras de nosso país. Muito pelo contrário: organizou-se uma entidade voltada para otimizar um trabalho conjunto entre elas, ao mesmo tempo, oficializando um canal de comunicação entre as comunidades”.

Assim, prosseguiu, “na contramão do que está acontecendo em inúmeros países em que a intolerância e o radicalismo têm resultado em crescente violência, aqui celebramos, com todo orgulho, a harmonia e a convivência pacífica, livre de inimigos sociais, políticos ou religiosos”. E é, “nesse clima de fraternidade que prestamos nosso reconhecimento às dez personalidades que, em conjunto com as suas comunidades, foram e continuam sendo protagonistas da construção deste Brasil multicultural”.

Além da homenagem, informou Teruco, durante o ano a entidade tem realizado vários eventos, tais como Olimpíadas do Conscre no Clube Holms, palestra sobre as atividades dos Médicos sem Fronteiras, Paella Conscre na Casa da Espanha, visita monitorada ao recém-inaugurado Japan House, entre outros.

Também destacou “a emocionante viagem à Itália, em 2016, juntamente com os membros do Conscre na Praça São Pedro. Tivemos a oportunidade de cumprimentar o Papa Francisco”.

As personalidades homenageadas foram:

Árabe: Sr. Fabio Kadi e Sra. Odette Haidar Eid
Armênia: Sr. Claudio Sarian Altounian
Espanhola: Sra. Maria Dolores Daparte Souto Mariñas
Italiana: Pe. Paolo Parise
Japonesa: Sr. Tadakuni Yassunaga
Judaica: Sr. Bruno Laskowsky
Paraguaia: Sr. Juan Goro Moriya
Portuguesa: Sr. Manuel Magno Alves
Russa: Sra. Galina Sheetikoff

 

CURRICULUM VITAE

Tadakuni Yassunaga
Bairro Bom Sucesso – CEP 16370-000 – Promissão/SP

Dados Pessoais
Data de nascimento: 25/03/1921, brasileiro, viúvo, natural de Promissão

Filiação
Pai: Kofu Yasunaga, Mãe: Seki Yasunaga

Escolaridade
Estudou na escola rural do Bairro Bom Sucesso até o 4º ano do atual ensino fundamental.

A Saga da Família Yassunaga

É o terceiro dos irmãos Hakuo, Yuske, Mário, Júlio e Luiz e irmãs Sumiko, Shizuka, Emiko, Kazumi e Satie.

Os pais são provenientes da província de Kumamoto. Chegaram ao Porto de Santos em 25 de janeiro de 1.914, no navio TEIKOKU MARU, integrantes da 6ª leva de imigração. Como todos os japoneses daquela época, sua família foi trabalhar na lavoura do café, seguindo de trem para a região de Mogiana/SP, na Fazenda Vila Costina, cidade de Casa Branca. Em 1918 mudaram para Promissão, então Hector Legru. Dessa cidade, seguiram à pé pelas trilhas no meio da mata, até o Bairro Bom Sucesso, onde, no mesmo ano, fundou a colônia japonesa denominada Itacolomy, através do seu líder Dr. Shuhei Uetsuka, que chegou ao Brasil no navio KASATO MARU, em 18 de junho de 1908.

Tadakuni conta que o mais marcante de sua infância, foi a visita no hospital onde Dr. Uetsuka estava internado na cidade de Lins. Ao entrar no quarto dele, representando todos os alunos das escolas, Uetsuka sensei pediu para que ajudasse a transmitir às futuras gerações o espírito de luta dos pioneiros que nunca desistem e que abriram caminhos onde não existiam e desbravaram uma terra selvagem. Mesmo acamado segurou-lhe a mão e pediu: “Gambattekure”, “Gambattekure”, “Gambattekure”! (Mantenham-se fortes, Sejam perseverantes!).

Durante a infância ajudava na colheita do café ao término das aulas, mas abandonou os estudos e passou a se dedicar integralmente ao cultivo de café que era a principal atividade da família. Da década de 60 até década de 90 dedicou-se à produção de ovos de granja até à sua aposentadoria.

Casado com Itsuko Takaki Yassunaga (in memorian) em 13 de setembro de 1945 e teve 8 filhos, Kazunori (residente em Promissão-SP), Kioko Nakasato (Promissão-SP), Shudo Yasunaga (Maringá-PR), Takae Nishisaka (São Bernardo do Campo - SP), Kuniyoshi Yasunaga (Brasília-DF), Junko Miyazaki (Pompéia-SP), Itsue Sato (São Paulo-SP) e Matiko Oyama (Chiba-JP). Ao todo, tem 29 netos e 13 bisnetos.

Atualmente, no Brasil, a família Yassunaga totaliza 420 membros, sendo que a maioria está envolvida nos trabalhos da comunidade nipo-brasileira.

Aos seus 96 anos de idade, orgulha-se por morar na mesma propriedade até hoje e seu atual hobby é o cultivo do café.

Dedicação total à comunidade
Desde jovem sempre atuou em atividades esportivas e comunitárias;
Foi professor voluntário da Escola Japonesa em Promissão, de 1945 até 1991;
Foi presidente da Cooperativa Agrícola Sul-Brasil em Promissão, de1978 até 1994. Nesses 16 anos de atividades na Sul-Brasil, não houve nada em especial – constantemente participava das reuniões periódicas realizadas em São Paulo. Estava sempre preocupado em garantir uma ótima administração e manter as contas em dia em prol dos cooperados;
Foi presidente da Associação Cultural Esportiva Nipo-Brasileira de Promissão (1984-1985);
Atualmente é o Membro do Conselho Superior da Federação das Associações Nipo-Brasileira da Noroeste e Diretor Conselheiro do Nitigo Fukyukai da Noroeste.

Homenagens Recebidas
1986 - São Paulo Engo Kyoukai (Tadashi Takenaka)
1988 - Diploma de Honra ao Mérito pela Federação das Associações Nipo-Brasileiras da Noroeste – Presidente Jiro Igarashi
1989 - São Paulo Nippon Koku Soryouji (Junji Maruyama)
1991 - Comenda Imperador do Japão (Hisao Bunta)
1993 - São Paulo Engo Kyoukai (Buiti Wai)
1994 - Homenagem pelo Noroeste Nitigo Fukyukai - Presidente: Tikayuki Koshiyama
1995 - Noroeste Honpa Hongwanji Nambei Kyoudai (Hako Inoue)
2001 - Shuyodan (Hikitaro Hasunuma)
2003 - Han Londrina Tomonokai
2006 - Diploma de Honra ao Mérito pela Associação Beneficente Cultural e Esportiva de Lins (Presidente: Kazunori Yasunaga)
2008 - Diploma de Honra ao Mérito Kasato Maru (Associação para Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil – São Paulo)
2009 - Diploma de Honra ao Mérito – Presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão Walter Ihoshi
2013 - Câmara Deputado Federal (Junji Abe)