pavilhaohome edificiohome museuhome kokushikan blibliotecaacervo bunkyonethome

Associação Esportiva e Cultural Campo Limpo comemorou o seu 70º aniversário de fundação

Primeira sede da A. E. C. Campo Limpo.jpg redNo último dia 7, feriado da Independência do Brasil, a Associação Esportiva e Cultural Campo Limpo, realizou a festa em comemoração aos 70 anos de fundação. "O encerramento da festa se deu à noite no melhor estilo okinawano com a dança de “katiachi”, ao som de instrumentos musicais como sanshin e taikô (tambores japoneses) tocados pelos jovens artistas da casa" comemorou o presidente Tatsuo Kamia.

Associadas homenageadas.jpg redO presidente Tatsuo Kamia, no seu discurso, agradeceu a presença de todos e destacou o trabalho dos seus antecessores que trabalharam muito para a fundação e engrandecimento da A. E. C. Campo Limpo. Mikio Kamia, presidente da comissão organizadora e Kazue Kamiya, presidente do Fujinkai (departamento feminino) lembraram os pioneiros - muitos dos quais ainda nem tinham casa própria, mas se preocuparam em fundar uma sede onde os amigos, parentes, conterrâneos, filhos e netos, pudessem se reunir e praticar atividades culturais, esportivas e sociais, preservando os costumes japoneses.

Eiki Shimabukuro, presidente Associação Okinawa Kenjin do Brasil enalteceu a importância e participação da A. E. C. Campo Limpo na divulgação e valorização da cultura japonesa, em especial a de Okinawa. O dirigente é um antigo associado da A. E. C. Campo Limpo e por muitos anos foi morador nesta região.

Autoridades.jpg redO deputado estadual Hélio Nishimoto, apoiador dos principais eventos da comunidade nikkei, falou do seu carinho e trabalho junto às associações e entidades da comunidade nipo-brasileira para que elas mantenham as suas atividades de divulgação da cultura japonesa e, assim, propiciassem maior integração entre brasileiros e japoneses e seus descendentes.

Na oportunidade, o deputado homenageou os 70 anos da A. E. C. Campo Limpo com a entrega de uma placa alusiva à data ao presidente Tatsuo Kamia.

A diretoria também homenageou aos associados mais antigos, aqueles que prestaram relevantes serviços à Associação, e promoveu uma extensa programação de atrações artísticas como danças folclóricas, danças clássicas e modernas, números de mágicas, karaokê, taikôo, minyo e sanshin.

Bingata.jpg  redEstiveram presentes José Matsuo Kanashiro, presidente da UCESP - União Cultural São Paulo Norte; Eiki Shimabukuro, presidente da Associação Okinawa Kenjin do Brasil/ Centro Cultural Okinawa do Brasil; a deputada federal Keiko Ota; o deputado estadual Hélio Nishimoto, e os vereadores George Hato e Massataka Ota. Também, o ex-vereador Ushitaro Kamia, que no ato representou o deputado federal Walter Ihoshi; Paulo Ogata, representante do deputado estadual Pedro Kaká, e Shinji Yonamine, ex-presidente da Associação Okinawa Kenjin do Brasil.

Marcaram presença também os presidentes e dirigentes de associações coirmãs como Associação Agrícola de Cachoeira; ACET – Associação Cultural e Esportiva de Tucuruvi; ACESA – Associação Cultural e Esportiva de Santana; Associação de Kiyowa; Associação Cultural de Edu Chaves; Anhanguera Nikkey Club; Associação Cultural e Esportiva Nipo-brasileira da Vila Nova Cachoeirinha; ACENBI - Associação Cultural e Esportiva Nipo-brasileira do Imirim; Associação Cultural e Esportiva Okinawa Santa Maria; Associação Okinawa de Patriarca e Associação Okinawa de Carandirú.

Requios.jpg redNo total foram homenageados 28 associados com a outorga de Diploma de Honra ao Mérito em reconhecimento à relevante participação em prol da Associação Esportiva e Cultural Campo Limpo.

Os associados mais longevos: Kimi Shimabukuro, nascido em 23 de novembro de 1923, e Mitsuko Ashimine, nascido em 17 de fevereiro de 1928, também foram homenageados junto com outros 32 associados com idades acima de 80 anos.

Após as homenagens teve início a programação artística com apresentações de kenko taissô (ginástica), mágica com Mário Kamia, apresentações de judô, karatê (com alunos da Associação), danças folclóricas, karaokê, e apresentações de taiko, minyo e shamissen.

A maioria dessas apresentações foram feitas por alunos e associados dos diversos cursos que são ministrados na associação durante a semana. A festa contou também com a participação de dançarinos e dançarinas da professora Juliana Izu e do grupo de taiko Requeios Geinou Dokokai, da sensei Hatsue Omine, que ministra ensaios semanais nas dependências da tradicional associação.

Exposição fotográfica

Instalada numa das paredes da quadra de esportes, uma bonita exposição fotográfica que contou cronologicamente, da primeira sede aos dias atuais, a trajetória vitoriosa dessas sete décadas de atividades dessa importante associação nipo-brasileira da zona Norte de São Paulo, emocionou os visitantes.

Atividades diversas durante toda a semana

Durante a semana, na sede da Associação de Campo Limpo acontecem diversas atividades culturais e sociais, como aulas de karaokê, dança folclórica, taikô, shamissen (instrumento musical de cordas), minyo (canto típico), tênis de mesa, judô e tênis de campo. Além disso, são promovidos eventos como Yakibingo (yakissoba + bingo), Festival do Sushi, Festival Okinawa Sobá, Festival Hijá no Shirú (sopa de cabrito) e outros eventos comemorativos alusivos aos Dia das Mães , Dia dos Pais e Dia das Crianças.

Informações sobre essas atividades podem ser obtidas com Tatsuo Kamiya, no telefone (11) 95015-5014 ou pelo e-mail tatsuokamiya1@gmail.com

A A. E. C. Campo Limpo, está sediada na rua Simão de Abreu 63, no bairro de Furnas.

Fazem parte do seu quadro de associados cerca de 150 famílias associadas.

Facebook-BunkyoTwitter-BunkyoMuseu Histórico da Imigração Japonesa no Brasilinstagram

REFORMA PARCIAL
ESTATUTO SOCIAL

>> 03.12.2015: Resolução conjunta CD/Diretoria para constituição da Comissão de Reforma do Estatuto do Bunkyo
>> 10.09.2015: Reforma parcial do estatuto do Bunkyo
>> 27.05.2015: Conselho Deliberativo institui a Comissão de Reforma do Estatuto do Bunkyo
>> ESTATUTO SOCIAL