Esperanto Music - encontro musical de improvisação no Pavilhão Japonês - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social

pavilhaohome edificiohome museuhome kokushikan blibliotecaacervo bunkyonethome

Esperanto Music - encontro musical de improvisação no Pavilhão Japonês

flyer esperanto pavilhao japonesImagine um encontro musical com uma linguagem global onde não existem fronteiras e limites territoriais, culturais, étnicos ou linguísticos. Esta é a proposta do Esperanto Music, evento idealizado pelo músico japonês Sabu Toyozumi, que acontece no dia 15 de dezembro, às 11h, no Pavilhão Japonês, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

Segundo Sabu Toyozumi, veterano baterista japonês que retorna à América do Sul pela segunda vez, a música do evento nasce de uma comunicação espontânea, baseada no improviso, onde os músicos transcendem a novas dimensões ainda não exploradas.

Para participar deste espetáculo, o idealizador convidou membros do coletivo ABAETETUBA, um grupo de improvisação livre musical, fundado em 2004, na capital paulista, que utiliza instrumentos provenientes da cultura folclórica brasileira, medieval, japonesa, europeia e de criação própria.

Somam-se à da bateria de Sabu Toyozumi, a percussão contemporânea de Antonio Panda Gianfratti, o tsugaru shamisen, satsuma biwa, charango e violão de Rodrigo Montoya e o contrabaixo acústico de Luiz Gubeissi - tendo como palco desta mistura única de sons o Pavilhão Japonês, no Parque do Ibirapuera.

SERVIÇO

Esperanto Music
Domingo
, dia 15 de dezembro de 2013, às 11h
Local: Pavilhão Japonês - Parque do Ibirapuera
(Portão 10 - próximo ao Planetário e ao Museu Afro Brasil)
Entrada: R$ 6,00 adultos / R$ 3,00 crianças e estudantes

Yoshisaburō "Sabu" Toyozumi (nascido em Tsurumi, Yokohama, Japão, 1943) faz parte de um dos pequenos grupos de músicos pioneiros da primeira geração de música de Improvisação Livre no Japão. Tocou e gravou com muitas das figuras-chave na música improvisada japonesa, incluindo dois expoentes da primeira geração: Masayuki Takayanagi (guitarra) e Kaoru Abe (saxofone), no final dos anos 60.
Toyozumi participa em inúmeras gravações disponíveis no mercado, com muitos dos mais notáveis músicos improvisadores japoneses e internacionais, incluindo Derek Bailey, Mototeru Takagi, Misha Mengelberg, Peter Brötzmann, Keiji Haino, Otomo Yoshihide, Tom Cora, Fred Frith, John Zorn, Fred Van Hove. Participou também da gravação de um álbum inédito com Charles Mingus e a orquestra de Toshiyuki Miyama no Japão em 1971.
Ainda em 1971, tornou-se o único membro não americano da Associação para o Avanço de Músicos Criativos (AACM – Chicago, EUA). Dedicou seu primeiro disco como líder, “Sabu - Mensagem para Chicago”, para composições de membros da AACM.

ABAETETUBA é uma palavra de origem tupi-guarani e representa um singular “encontro de gente boa”. Fundado em 2004, surgiu na capital de São Paulo pela iniciativa de músicos interessados pela música de Improvisação Livre.
O processo musical do grupo busca pisar territórios sonoros novos, de modo a desfrutar o exato instante, a interatividade e a espontaneidade em abordagens singulares através de instrumentos musicais oriundos da cultura folclórica brasileira, medieval, japonesa, europeia e de criação própria.
Já realizou turnês na Europa e Oceania em festivais na Espanha, Holanda, Inglaterra e Austrália além de ter colaborado com improvisadores de diversas partes do mundo como Marcio Mattos, John Edwards, Sabu Toyozumi, Phil Minton, Hans Koch, John Russell, Roger Turner, Urs Leimgruber, Steve Noble e muitos outros, incluindo a renomada London Improvisers Orchestra.
Integrantes: Antonio Panda Gianfratti, Rodrigo Montoya, Luiz Gubeissi e Thomas Rohrer. Veja mais em: www.abaetetuba.mus.br